Skip to main content

Categorias de óleo


As categorias de serviço da API atuais e anteriores estão resumidas em tabelas práticas. Os proprietários de veículos devem consultar o manual do proprietário antes de consultar essas tabelas. Os óleos podem ter mais de um nível de desempenho. Para os motores automotivos a gasolina, a categoria mais recente de serviço de óleo de motor inclui as propriedades de desempenho de cada categoria anterior. Se o manual do proprietário de veículo automotivo recomendar um óleo API SJ ou API SL, um óleo API SN fornecerá proteção total. Para os motores a diesel, a categoria mais recente geralmente, mas nem sempre, inclui as propriedades de desempenho de uma categoria anterior.

O API FA-4 e o Donut FA-4 identificam alguns óleos XW-30 especialmente formulados para uso em motores a diesel com ciclo de quatro tempos de alta rotação, projetados para atender às normas de emissão de gases de efeito estufa (GHG) para veículos rodoviários de 2017. Os óleos API FA-4 não são intercambiáveis nem retrocompatíveis com os óleos API CK-4, CJ-4, CI-4 PLUS, CI-4 e CH-4. Consulte as recomendações do fabricante do motor para determinar se os óleos API FA-4 são adequados.


Norma ILSAC para óleos de motor de carro de passeio

As normas ILSAC atuais e anteriores estão listadas aqui. Os proprietários de veículos devem consultar o manual do proprietário antes de consultar essas tabelas. Os óleos podem ter mais de um nível de desempenho.

Para os motores automotivos a gasolina, a norma ILSAC mais recente inclui as propriedades de desempenho de cada categoria anterior e poderá ser usada na manutenção de motores mais antigos quando forem recomendados os óleos de categoria anterior.

Nome

Status

Serviço

GF-5 Atual Introduzido em outubro de 2010, destinado a fornecer maior proteção contra acúmulo de depósitos em alta temperatura para pistões e turbocompressores, controle mais rigoroso de lodo, maior economia de combustível, melhor compatibilidade com sistema de controle de emissões, compatibilidade de vedação e proteção de motores que funcionam com combustíveis que contêm etanol até E85.
GF-4 Obsoleto Use GF-5 quando GF-4 for recomendado.
GF-3 Obsoleto Use GF-5 quando GF-3 for recomendado.
GF-2 Obsoleto Use GF-5 quando GF-2 for recomendado.
GF-1 Obsoleto Use GF-5 quando GF-1 for recomendado.

Motores a gasolina

As categorias de serviço da API atuais e anteriores estão listadas aqui. Os proprietários de veículos devem consultar o manual do proprietário antes de consultar essas tabelas. Os óleos podem ter mais de um nível de desempenho.

Para os motores automotivos a gasolina, a categoria de serviço da API mais recente inclui as propriedades de desempenho de cada categoria anterior e poderá ser usada na manutenção de motores mais antigos quando forem recomendados os óleos de categoria anterior.

Categoria

Status

Serviço

SN Atual Introduzido em outubro de 2010, destinado a fornecer maior proteção contra acúmulo de depósitos em alta temperatura para pistões, controle mais rigoroso de lodo e compatibilidade de vedação. O API SN com conservação de recursos corresponde ao ILSAC GF-5, combinando o desempenho do API SN com a maior economia de combustível, a proteção do turbocompressor, a compatibilidade com sistemas de controle de emissões e a proteção de motores que funcionam com combustíveis que contêm etanol até E85.
SM Atual Para motores automotivos de 2010 e mais antigos.
SL Atual Para motores automotivos de 2004 e mais antigos.
SJ Atual Para motores automotivos de 2001 e mais antigos.
SH Obsoleto ATENÇÃO: não é adequado para ser usado na maioria dos motores automotivos a gasolina produzidos após 1996. Pode não fornecer proteção adequada contra oxidação, desgaste ou acúmulos de lodo no motor.
SG Obsoleto ATENÇÃO: não é adequado para ser usado na maioria dos motores automotivos a gasolina produzidos após 1993. Pode não fornecer proteção adequada contra oxidação, desgaste ou acúmulos de lodo no motor.
SF Obsoleto ATENÇÃO: não é adequado para ser usado na maioria dos motores automotivos a gasolina produzidos após 1988. Pode não fornecer proteção adequada contra acúmulos de lodo no motor.
SE Obsoleto ATENÇÃO: não é adequado para ser usado na maioria dos motores automotivos a gasolina produzidos após 1979.
SD Obsoleto ATENÇÃO: não é adequado para ser usado na maioria dos motores automotivos a gasolina produzidos após 1971. O uso em motores mais modernos pode produzir desempenho insatisfatório ou danos ao equipamento.
SC Obsoleto ATENÇÃO: não é adequado para ser usado na maioria dos motores automotivos a gasolina produzidos após 1967. O uso em motores mais modernos pode produzir desempenho insatisfatório ou danos ao equipamento.
SB Obsoleto ATENÇÃO: não é adequado para ser usado na maioria dos motores automotivos a gasolina produzidos após 1951. O uso em motores mais modernos pode produzir desempenho insatisfatório ou danos ao equipamento.
SA Obsoleto ATENÇÃO: não contém aditivos. Não é adequado para ser usado na maioria dos motores automotivos a gasolina produzidos após 1930. O uso em motores modernos pode produzir desempenho insatisfatório ou danos ao equipamento.

Motores a diesel

Siga as recomendações do fabricante do veículo relativas aos níveis de desempenho do óleo.

Categoria

Status

Serviço

CK-4 Atual A categoria de serviço CK-4 da API descreve óleos para uso em motores a diesel com ciclo de quatro tempos de alta rotação, projetados para atender às normas de emissão de escape Tier 4 para veículos não rodoviários e rodoviários de 2017, assim como para motores a diesel de anos anteriores. Esses óleos são formulados para serem usados em todas as aplicações que usam diesel com teor de enxofre de até 500 ppm (0,05% por peso). No entanto, o uso desses óleos com combustível com teor de enxofre superior a 15 ppm (0,0015% por peso) pode afetar a durabilidade do sistema de pós-tratamento dos gases de escape e/ou o intervalo de drenagem de óleo. Esses óleos são principalmente eficazes em sustentar a durabilidade do sistema de controle de emissões quando filtros de partículas e outros sistemas avançados de pós-tratamento são usados. Os óleos API CK-4 foram projetados para fornecer maior proteção contra a oxidação, perda de viscosidade por cisalhamento, aeração, envenenamento do catalisador, obstrução do filtro de partículas, desgaste do motor, depósitos nos pistões, degradação das propriedades em baixa e alta temperaturas e aumento de viscosidade por fuligem. Os óleos API CK-4 superam os critérios de desempenho do API CJ-4, CI-4 com CI-4 PLUS, CI-4 e CH-4 e podem lubrificar com eficácia os motores que necessitam dessas categorias de serviço da API. Ao usar o óleo CK-4 com combustível com teor de enxofre superior a 15 ppm, consulte o fabricante do motor para obter recomendações de intervalos de serviço.
CJ-4 Atual Para motores a diesel com ciclo de quatro tempos de alta rotação, projetados para atender às normas de emissão de escape Tier 4 para veículos não rodoviários e rodoviários de 2010, assim como para motores a diesel de anos anteriores. Esses óleos são formulados para serem usados em todas as aplicações que usam diesel com teor de enxofre de até 500 ppm (0,05% por peso). No entanto, o uso desses óleos com combustível com teor de enxofre superior a 15 ppm (0,0015% por peso) pode afetar a durabilidade do sistema de pós-tratamento dos gases de escape e/ou o intervalo de drenagem. Os óleos API CJ-4 superam os critérios de desempenho do API CI-4 com CI-4 PLUS, CI-4, CH-4, CG-4 e CF-4 e podem lubrificar com eficácia os motores que necessitam dessas categorias de serviço da API. Ao usar o óleo CJ-4 com combustível com teor de enxofre superior a 15 ppm, consulte o fabricante do motor quanto aos intervalos de serviço.
CI-4  Atual Introduzido em 2002. Para motores de quatro tempos de alta rotação projetados para atender às normas de emissão de gases de escape de 2004 implementadas em 2002. Os óleos CI-4 são formulados para sustentar a durabilidade do motor quando a recirculação dos gases de escape (EGR) é usado e devem ser usados com diesel com teor de enxofre de até 0,5% de peso. Podem ser usados no lugar dos óleos CD, CE, CF-4, CG-4 e CH-4. Alguns óleos CI-4 podem também estar qualificados para a indicação do CI-4 PLUS.
CH-4 Atual Introduzido em 1998. Para motores de quatro tempos de alta rotação projetados para atender às normas de emissão de gases de escape de 1998. Os óleos CH-4 são especificamente formulados para serem usados com diesel com teor de enxofre de até 0,5% de peso. Podem ser usados no lugar dos óleos CD, CE, CF-4 e CG-4.
CG-4 Obsoleto ATENÇÃO: não é adequado para ser usado na maioria dos motores automotivos a diesel produzidos após 2009.
CF-4 Obsoleto ATENÇÃO: não é adequado para ser usado na maioria dos motores automotivos a diesel produzidos após 2009.
CF-2 Obsoleto ATENÇÃO: não é adequado para ser usado na maioria dos motores automotivos a diesel produzidos após 2009. Os motores com ciclo de dois tempos podem ter necessidades diferentes de lubrificação em relação aos motores de quatro tempos. Entre em contato com o fabricante para receber as recomendações atuais de lubrificação.
CF Obsoleto ATENÇÃO: não é adequado para ser usado na maioria dos motores automotivos a diesel produzidos após 2009. Os últimos óleos de categoria "C" são geralmente adequados ou preferidos para motores automotivos a diesel para os quais os óleos "CF" foram especificados. Equipamentos mais antigos e/ou motores a diesel de dois tempos, principalmente os que necessitam de produtos monograus, podem precisar do óleo de categoria "CF".
CE Obsoleto ATENÇÃO: não é adequado para ser usado na maioria dos motores automotivos a diesel produzidos após 1994.
CD-II Obsoleto ATENÇÃO: não é adequado para ser usado na maioria dos motores automotivos a diesel produzidos após 1994.
CD Obsoleto ATENÇÃO: não é adequado para ser usado na maioria dos motores automotivos a diesel produzidos após 1994.
CC Obsoleto ATENÇÃO: não é adequado para ser usado na maioria dos motores a diesel produzidos após 1990.
CB Obsoleto ATENÇÃO: não é adequado para ser usado na maioria dos motores a diesel produzidos após 1961.
CA Obsoleto  ATENÇÃO: não é adequado para ser usado na maioria dos motores a diesel produzidos após 1959.

Motores a diesel

Siga as recomendações do fabricante do veículo relativas aos níveis de desempenho do óleo.

Categoria

Status

Serviço

FA-4 Atual A categoria de serviço FA-4 da API descreve alguns óleos XW-30 especialmente formulados para uso em motores a diesel com ciclo de quatro tempos de alta rotação, projetados para atender às normas de emissão de gases de efeito estufa (GHG) para veículos rodoviários de 2017. Esses óleos são formulados para serem usados em aplicações rodoviárias que usam diesel com teor de enxofre de até 15 ppm (0,0015% por peso). Consulte as recomendações do fabricante do motor em relação à compatibilidade com os óleos API FA-4. Esses óleos são misturados a uma faixa de viscosidade em alta temperatura e alto cisalhamento (HTHS) de 2,9cP a 3,2cP para ajudar na redução de emissões GHG. Esses óleos são principalmente eficazes em sustentar a durabilidade do sistema de controle de emissões quando filtros de partículas e outros sistemas avançados de pós-tratamento são usados. Os óleos API FA-4 foram projetados para fornecer maior proteção contra a oxidação, perda de viscosidade por cisalhamento, aeração, envenenamento do catalisador, obstrução do filtro de partículas, desgaste do motor, depósitos nos pistões, degradação das propriedades em baixa e alta temperaturas e aumento de viscosidade por fuligem. Os óleos API FA-4 não são intercambiáveis nem retrocompatíveis com os óleos API CK-4, CJ-4, CI-4 com CI-4 PLUS, CI-4 e CH-4. Consulte as recomendações do fabricante do motor para determinar se os óleos API FA-4 são adequados. Não é recomendável que os óleos API FA-4 sejam usados com combustíveis com teor de enxofre superior a 15 ppm. Em relação aos combustíveis com teor de enxofre superior a 15 ppm, consulte as recomendações do fabricante do motor.